1 de abr de 2010

A hora chegou!

A hora chegou! Quando decidimos estudar inglês fora do Brasil ainda teríamos 6 meses pela frente para nos organizar, fazermos tudo que precisávamos e curtir umas férias. Pois bem, esses 6 meses passaram e agora cá estamos. Chegamos aqui dia 01/04 às 14:30 (10:30 horário do Brasil).

Tudo novo, tudo diferente. Para começar, vamos falar da nossa saída de Uberlândia. Como nosso vôo para a Europa iria sair do aeroporto de Guarulhos e não tem vôo direto Uberlândia - Guarulhos, tivemos que fazer uma conexão em BH. Saímos então as 06:00 de Uberlândia rumo a BH e logo após Guarulhos. Despedida é despedida, e como não poderia ser diferente, foi uma “choradeira” danada. Me senti muito triste em olhar pra trás e ver minha vida pacata ficando em Uberlândia. Me senti desorientado ao ver minha mãe, meu tio e minha tia ficando para trás. Confesso que chorei até BH, um sentimento de vazio no peito. Minha sogra (D. Ione) e minhas cunhadas Andrezza e Andrea, mais a Jaquinha também compareceram e também foi muito emocionante para a Lili. Ficamos muito felizes também de ver o Anderson no aeroporto nos despedimos. Amigos são amigos e vão ficar para sempre em nossos sentimentos.



Ao chegar em Guarulhos, por volta das 10h da manha, fomos logo fazer algumas coisas que precisávamos fazer, como ir na receita federal, na ANVISA para pegar o cartão de vacinação internacional e algumas outras informações. Logo comemos um McDonald´s (sim, no aeroporto internacional era preço de Uberlândia, diferente do pão de queijo de BH que foi R$ 6,50). Passou algum tempinho e o Flávio Melo apareceu e ficamos conversando algumas horas para passar o tempo. Também adoramos a visitinha do FM, que agora mora em Sampa e o contato ficou bem esporádico.



Bom, chegou a hora de pegar o vôo para Europa. Nossa companhia foi a KLM. Por ser uma cia holandesa, nossa primeira parada em solo europeu foi em Amsterdã onde fizemos conexão para Dublin. A viagem foi tranqüila, embora o medo de avião ainda me rondava, mais logo me acustumei, tomei um Dramin e durmi boa parte do tempo. Durou 11horas e 30 minutos essa primeira parte da viagem, e digo que essas horas não passavam dentro da aeronave, puts (rs). Na chegada em Amsterdã foi tranquilo passar na imigração holandesa, porém ao fazer o check in para vim para Dublin, o responsável pela imigração confirmou várias informações comigo e com a Lili para saber se estávamos mentindo ou não. Logo que ele viu nosso passaportes brasileiros e viu que estávamos juntos começou a perguntar e fez uma ligação, acredito que foi para a escola em Dublin para confirmar se realmente fizemos matricula na escola ou estávamos mentindo. Após uns 15 minutos deixando agente preocupados, ele nos liberou. Pronto, agora era a última parte para chegarmos no nosso destino. Durou cerca de 1hora de Amsterdã para Dublin e também foi bem tranqüila a viagem. Nesse trecho, estávamos bem cansados e dormimos boa parte do tempo, mas quando a aeromoça passou oferecendo bebida, logo despertamos e pedimos duas cocas. Nem estávamos com vontade assim de beber, mais como estavam nos oferecendo, é bom aceitar né! Não é não, agente não sabia que nesse trecho não tava incluso bebidas, e quando nos cobraram 4 euricos pelas cocas deu um arrependimento huahauhauahua. Mais tudo bem, melhor pagar do que passar vergonha e devolver a coca (rs).





Na imigração em Dublin foi tudo certo para nós, tudo bem rápido, e ao contrario do que imaginava, o pessoal da imigração foi muito simpático comigo e com a Lili.

Quando saímos do aeroporto, o João (um intercâmbista que está em Dublin ha 7 meses e trabalha em receber outros intercambistas) estávamos nos esperando. Ele iria nos receber como cortesia da nossa agencia de intercâmbio (www.gotolondon.com.br) e nos ajudou no começo, cedendo até o celular para ligar para o Brasil. Conhecemos o Marcelo também, outro brasileiro que já mora fora há 15 anos e 10 só aqui em Dublin. Foi ele que nos trouxe até nossa acomodação.



A nossa acomodação, também nos surpreendeu, pois saímos para ficar em uma casa estudantil, e logo imaginávamos uma casa com vários estudantes e compartilhando banheiro e tudo mais, mas quando chegamos, que maravilha. É um hotel, com suíte e cama de casal só para nós, sem dependência com outros estudantes. Acho que aconteceu isso porque as casas estudantis estavam lotadas e acabamos parando aqui. Que sorte!!




Para finalizar nosso primeiro dia aqui em Dublin, saímos para comer um lanchinho e telefonar. Demos uma voltinha por perto da casa e mesmo com sol (isso mesmo, trazemos o sol do Brasil) estava gelado! O frio aqui é de lascar mesmo com o sol. E nesse passeio, encontramos um colega sentado no banco da praça, aproveitamos e tiramos uma fotinha com ele (Carlos Drummont de Andrade europeu, rs) e também treinamos nosso inglês na rua e até pensei que seria mais difícil, não travei tanto quanto esperava, e quando aconteceu a comunicação se deu em sinais.




Hoje vamos só descansar, e amanha provavelmente iremos sair para passear na cidade e conhecer alguns pontos turísticos, pois amanhã até terça-feira é feriado aqui em Dublin! Uhuuuuu!

E lógico contaremos mais novidades.
Abraços a todos.

2 comentários:

  1. Lili linda e Fred, saibam que estamos torçendo mto por vocês. Força aí!!! Ah, em breve eu mando a listinha de perfumes...ahahaha
    Bjuuus meninos

    ResponderExcluir
  2. estou pesquisando sobre a vida na irlanda e achei o blog de vcs! ja chorei lendo sobre a despedida...ai,ai...nem quero ver qd chegar a minha vez!!
    Ligia

    ResponderExcluir